A Rota das Abolições da Escravidão
e dos Direitos Humanos
 
  Casa Schoelcher

História
História
Prático
Prático
Acesso
Acesso
Manifestaçoes
Manifestaçoes

« Digamonos y digamos a nossos filhos que até ficar um escravo na terra, a servitude deste homem será um insulto permanente feito a  raza humana inteira. » Victor Schoelcher, 1848


Nesta  habitação típica da Alsacia, o visitante irá descobrir, alèm da vida em Fessenheim durante o seculo 19, o destino de Victor Schoelcher (1804-1893), quem redatou o decreto da abolição da escravidão em1848, e do seu pai fabricante famoso de porcelena em Paris e originario de Fessenheim.
 

Uma exposição presenta a vida de Schoelcher e seus numerosos combates para os direitos humanos.

Aquel  homem, « de alma de cristal », fiel a sua divisa moral, não so lutou para a abolição da escravidão dos negros, mais tambem contra a pena de morte e pelos direitos das mulheres.

Porcelaine de la Maison Schoelcher
Exposição de porcelenas na Casa Schoelcher


 

« Ao ler em voz alta, da poltrona presidencial, esse texto de lei, breve e claro, que consagrava a imortalidade de Schoelcher, ficava muito comovido. Via surgir ao redor de mim, e subir, como se fosse uma ressurreição súbita, a fila inumerável de todos os oprimidos que durante largos séculos tinham padecido da servidão e que por meio da minha voz unida a sua, gritavam neste instante: Scholcher é um dos bem feitores da Humanidade».
Gaston Monnerville, neto de escravo e Presidente do Conselho da República francesa, na leitura do texto que autoriza a transferência das cínzas de Victor Schoelcher no Panteão Nacional.

Contatem Casa Schoelcher >>

 

Copyright © 2007 Route des Abolitions tous droits réservés
Réalisation Torop.Net - Site mis à jour avec wsb.sw4torop.net
Plan du site
Avec le soutien financier de :